Working for birds in Africa

Sobre o African Bird Club

Podcast do African Bird Club - May 2011

É possível ouvir o Presidente do ABC, Keith Betton, entrevistado por Chalie Moores no programa Talking Naturally, sobre o clube e África.
 

Introdução

Esta página resume o African Bird Club, os seus objectivos, o que faz, como é administrado e os benefícios para os seus membros e patrocinadores. Um agradecimento especial aos fotógrafos, artistas e escritores que contribuíram gratuitamente para as publicações do African Bird Club e do seu sítio na internet.

Os 15 anos do African Bird Club

É possível descarregar o artigo “Os 15 anos do African Bird Club” (em inglês), escrito pelo Presidente do clube Keith Betton e publicado na newsletter 12.1 Birdlife International África em Dezembro de 2009.

Apresentação

O African Bird Club é uma organização não lucrativa, registada no Reino Unido e gerido de modo voluntário por um conselho de administração. O Clube foi formado em 1994 por um grupo de pessoas com um interesse comum na ornitologia africana.

O Clube cobre a ornitologia das seguintes regiões geográficas:

  • A África Continental
  • As Ilhas do Oceano Índico a oeste do paralelo 80º este. e.g. Madagáscar, Ilhas Mascarenhas e Socotra.
  • Oceano Atlântico sobre ou a este da dorsal médio-atlântica, e.g. Grupo Tristão da Cunha, Açores e Canárias.

Cerca de um quarto das espécies de aves do mundo, mais de 2500, foram registadas nesta região, com 332 incluídas na lista vermelha de espécies da Birdlife Internacional para 2011, que é a publicação com a revisão mais recente das espécies ameaçadas ou quase-ameaçadas do mundo.
 

Os objectivos do Clube são:

  • promover a ornitologia a nível mundial
  • angariar fundos para financiar projectos de conservação em África através do Fundo de Conservação
  • encorajar o interesse na conservação das aves da região
  • estabelecer a ligação e promover o trabalho das sociedades regionais já existentes
  • publicar semestralmente um boletim a cores
  • encorajar observadores a visitar locais menos conhecidos da região e a procurar e estudar as espécies ameaçadas ou quase-ameaçadas que aí vivem.
     

agbroad.jpg

Bico-largo-verde-africano Pseudocalyptomena graueri (Martin Woodcock)

Adesão

A adesão está aberta a todos e o Clube tem neste momento mais de 1.200 membros. Os benefícios de fazer parte do Clube são:

  • cópias grátis do boletim
  • um serviço de informações e apoio para ajudar na organização de viagens, informação sobre espécies, locais e identificação de fotografias
  • uma boa selecção de roupas ABC, livros e relatos de viagens ornitológicas estão disponíveis para aquisição, bem como os números anteriores do boletim. Estas vendas são destinadas a apoiar projectos de conservação em África.

Os membros residem em muitos países do mundo e fazem parte de uma comunidade com um interesse comum nas aves de África e na sua conservação. O custo da adesão e as opções de pagamento podem ser consultadas na página de adesão deste sítio.

O Clube reconhece a importância de estender o mais possível o número de aderentes em África mas, sendo um Clube baseado na Europa e com custos europeus, os seus custos podem tornar-se incomportáveis para muitos membros africanos. Para tentar obviar esta situação foi criado em esquema de “adesão de apoio” de modo a que membros possam pagar uma quotização especial que cubra a sua subscrição e apoie também a de um membro africano.

Foi também disponibilizada a possibilidade, em alguns países africanos, de o pagamento ser efectuado em divisas locais. Os fundos assim recebidos são usados sobretudo no financiamento de projectos localizados nos países em questão (reduzindo assim os custos bancários de transferências). Este sistema existe no Quénia, Madagáscar, África do Sul, Uganda e Zimbabué.

Patrocinadores

O Clube tem actualmente 28 patrocinadores comerciais que apoiam os esforços de conservação através de subscrições e doações. Os benefícios de ser patrocinador incluem:

  • cópias grátis do boletim
  • meia página de anúncios grátis em cada número do boletim
  • inserção de publicidade nas páginas de cada país no sítio na internet do Clube
  • o portunidade de patrocinar projectos específicos de conservação da sua escolha.

Publicações

O Boletim do Clube é produzido duas vezes por ano, em Março e Setembro, e é enviado para todos os membros e patrocinadores. O conteúdo é muito diversificado mas inclui sempre um resumo das últimas novidades sobre observação e conservação de aves em África, as novidades do Clube, avistamentos recentes, bem como artigos importantes sobre observação de aves, identificação, conservação, investigação e guias para os melhores locais de observação de aves em África. Por exemplo, os dois boletins de 2010, em cor de alta definição, continham 31 artigos num total de 272 páginas. O conteúdo e a produção do Boletim são da responsabilidade do Comité Editorial.

Conservação

O programa de conservação do Clube apoia pequenos e médios projectos de conservação em África. Desde o seu início, em 1996, apoiou já uma grande variedade de projectos, incluindo cursos de formação, investigações sobre espécies ameaçadas e acções de promoção e sensibilização sobre temas de conservação em África.

Os fundos são angariados através das vendas, donativos e patrocínios. O orçamento actual é de mais de £10,000 por ano. O Clube aceita candidaturas para o financiamento de projectos de conservação, por parte de indivíduos ou de instituições, até um máximo de £2000. O total dos fundos disponibilizados para projectos de conservação ultrapassou £200,000 desde o início do programa.

Vendas

O Clube tem uma linha de artigos de marca vendida em encontros ou através do seu sítio na internet. Os artigos incluem T-shirts, canecas, edições anteriores do Boletim e relatos de viagens. Os lucros destas vendas destinam-se ao fundo para a conservação do Clube. O Clube tem também um acordo com a “WildSounds” através do qual recebe uma doação por cada artigo vendido no sítio na Internet do Clube ou nos seus encontros.

Representantes nos países

O Clube tem representantes em 37 países. A principal função dos representantes é recrutar novos membros, divulgar o Clube em encontros e eventos no seu país de residência, estabelecer e gerir esquemas que possibilitem aos seus concidadãos pagar a subscrição na divisa local, organizar encontros e excursões para os membros do Clube que residam nesse país e vender os artigos e as publicações do Clube.

Eventos

O Clube organiza um Encontro Anual no Reino Unido e uma Assembleia Geral Anual no primeiro trimestre de cada ano, que reúne entre 50 e 100 pessoas. Neste Encontro realizam-se apresentações sobre diversos tópicos de interesse, tais como migrações, observação de aves em alguns países e as últimas informações sobre algumas espécies.

No programa da Assembleia Geral Anual incluem-se o relatório do Presidente, a apresentação das contas pelo Tesoureiro e a eleição dos membros do Conselho. O Encontro e a Assembleia Geral são abertos a membros e a não-membros; sendo a admissão gratuita, é no entanto sugerido um donativo aos não-membros.

Os artigos de merchandising podem adquirir-se através do Clube e os livros e gravadores de som podem ser comprados na “WildSounds”.

O Clube tem um stand na feira anual “British Birdwatching Fair” em Rutland Water O nosso stand é visitado por cerca de 25 por cento dos nossos membros no Reino Unido, bem como por alguns outros membros provenientes de outros países. Neste stand os membros têm a oportunidade de escolher entre a vasta gama de artigos de merchandising do Clube, de trocar impressões sobre as actividades do Clube e de conhecer os membros do Conselho, bem como outros membros do Clube.

Em 1994, no primeiro ano em que o Clube esteve presente na feira, foram recrutados 83 novos membros e desde então angariam-se cerca de 15 a 20 novos membros em cada ano, para além de algumas renovações de inscrições. Os membros podem também levantar o Boletim de Setembro no stand durante a feira.

Desde que o Clube foi fundado, já se realizaram quatro Congressos Ornitológicos Pan-Africanos (PAOC) – o nono PAOC no Gana em 1996, o décimo PAOC no Uganda em 2000, o décimo primeiro PAOC na Tunísia em 2004 e o décimo segundo PAOC na África do Sul em 2008. O Clube tem sido representado por um membro do Conselho em cada Congresso e tem feito importantes doações para estes eventos.

Conselho

Tal como é exigido pela Constituição, todos os administradores do Clube são eleitos ou re-eleitos em cada Assembleia Geral Anual. Os membros do Conselho não exercem a sua função durante mais do que quatro anos consecutivos, a não ser que passem (ou continuem) a desempenhar uma posição executiva no Clube. O Conselho tem o poder de integrar novos membros em qualquer momento, sujeitos a confirmação na Assembleia Geral Anual do ano seguinte.

Os lugares executivos incluem o Presidente, o Vice-Presidente, o Tesoureiro e o Secretário. Outras posições existentes são: o Coordenador dos Representantes dos Países, o Delegado dos Patrocínios, o Secretário para as Adesões e o Presidente do Comité de Conservação.

O Conselho reúne três vezes por ano e é o principal órgão de decisão do Clube. O objectivo de cada reunião é avaliar a evolução desde a reunião precedente, e determinar as directrizes, restrições e direcções para o período seguinte. Em cada reunião dos membros do Conselho são abordadas diversas áreas específicas de actividade: o relatório do Presidente do Comité de Conservação que gere o programa para a conservação, o relatório do Comité Editorial do Boletim que supervisiona o conteúdo e a produção do Boletim, o relatório do Tesoureiro, o relatório do Secretário para as Adesões e os relatórios de membros individuais do Conselho com áreas específicas de responsabilidade, como sejam os patrocínios, o desenvolvimento do sítio na internet ou as vendas. Os membros individuais do Conselho têm autoridade para a tomada de decisão no dia-a-dia, dentro das suas áreas de responsabilidade e dentro das directrizes e restrições determinados na reunião do Conselho.

Sítio na Internet

O facto de estar a ler esta página significa que já descobriu o sítio na internet do Clube. “Sobre o African Bird Club” faz o resumo do Clube, dos seus objectivos, do que faz o Clube, como é gerido e quais os benefícios de se tornar membro ou patrocinador.

É possível que já tenha visto parte da riqueza da informação disponível no resto deste sítio. Pode encontrar informação sobre cada um dos Boletins e uma série de artigos seleccionados de boletins anteriores. Estão também disponíveis informações acerca da observação de aves em cada país da região do Clube. Existem listas de espécies e links para outros sítios relacionados, com fotografias e sons de aves africanas. Ao todo, o sítio tem mais de 1000 páginas de informação detalhada.

O nosso objectivo é muito simples: tornar este o sítio ornitológico africano mais importante e mais visitado na internet.

Constituição

Pode descarregar uma cópia da Constituição do Clube aqui.

Contabilidade

Pode descarregar uma cópia do Relatório Anual e Contabilidade de 2014 aqui

Assembleia Geral Anual (AGA)

Pode descarregar uma cópia da acta da AGA de 2014

Copyright © African Bird Club. All rights reserved.
UK registered charity 1053920

Southmedia

Web site designed and built by