Working for birds in Africa

The Endangered Braun's Bushshrike Laniarius brauni: a summary

p 174-181

O picanço de Braun Laniarius brauni, espécie ‘Em Perigo’: uma síntese. O picanço de Braun Laniarius brauni é uma espécie ‘Em Perigo’ (Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas) que apenas ocorre no norte de Angola, numa área inferior a 5.000 km2. Aqui revemos a literatura disponível sobre esta espécie, sintetizamos a informação sobre os espécimes conhecidos e apresentamos dados sobre as nossas observações originais. Com estes dados inferimos uma área de ocorrência de 3.500 km2 e estimamos o tamanho da população em
3.500–7.000 indivíduos adultos (assumindo uma densidade de 1–2 indivíduos/ km2). A única estimativa prévia de 498–996 indivíduos adultos baseou-se numa estimativa incorrecta da área de ocorrência. Apesar de ser mais abundante do que se estimava, esta espécie ainda preenche os critérios para a categoria ‘Em Perigo’ devido à sua distribuição restrita. É provável que a sua área de distribuição seja maior, mas recomendamos que se mantenha a classificação ‘Em Perigo’ até que sejam obtidos dados que comprovem esta suposição.
Esta espécie não existe em nenhuma área protegida, mas parece tolerar alguma perturbação visto mostrar preferência por floresta secundária e bordas de floresta a 600–870m de altitude. Finalmente, descrevemos em detalhe as vocalizações desta espécie e discutimos a literatura sobre a sua posição sistemática.

Summary. The Endangered Braun’s Bushshrike Laniarius brauni is restricted to an area of less than 5,000 km2 in northern Angola. We review previous literature on this species, summarise information on specimens and provide details of our own unpublished records. From this we calculate a range size of 3,500 km2 and, based on the assumption of a mean density of 1–2 individuals/km2, calculate a population size of 3,500–7,000 mature individuals. The only previous population size of 498–996 individuals was based on an erroneous range size. Despite being more numerous than previously estimated, and potentially more widespread, it still meets criteria for Endangered status based on range size. We recommend that it retains Endangered status pending the collection of further field data. The species does not occur in any conservation area, although it is perhaps tolerant of some habitat disturbance, favouring secondary forest and forest edge at 600–870m. Finally, we describe in greater detail its vocalisations and discuss its systematic treatment in the literature.

Copyright © African Bird Club. All rights reserved.
UK registered charity 1184309

Southmedia

Web site designed and built by